Reunião Informal de Diretores-Gerais de Desporto da EU

Organizada no âmbito da Presidência Portuguesa do Conselho..

Organizada no âmbito da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, teve lugar, a 2 de junho, a reunião informal de Diretores-Gerais do Desporto da União Europeia.

Presidida pelo Presidente do Instituto Português do Desporto e da Juventude, Vitor Pataco, a sessão contou com um discurso introdutório por parte do Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo.

Durante a reunião decorreu uma sessão de diálogo estruturado com o movimento desportivo, que contou com a participação do Presidente dos Comités Olímpicos Europeus, Niels Nygaard, o Presidente da Federação Portuguesa de Futebol e Vice-Presidente da UEFA, Fernando Gomes, o Secretário-Geral do Comité Olímpico de Portugal, José Manuel Araújo, a Vice-Presidente do Comité Paralímpico de Portugal, Leila Marques, e o Presidente da Associação para o Desporto Internacional e Cultura (ISCA), Mogens Kirkeby. Os tópicos em discussão versaram sobre a implementação do Plano de Trabalho da União Europeia para o Desporto (2021-2024), bem como sobre o impacto da pandemia e perspetivas de recuperação para o setor do Desporto.    

O impacto da pandemia no desporto e na atividade física, as limitações decorrentes das restrições impostas e as dificuldades das demais organizações e associações desportivas foram amplamente reconhecidos. Não obstante, revelou-se consensual a necessidade de aprendizagem mútua entre Estados-Membros que, na partilha de informações, experiências e melhores práticas, apoiados na solidariedade adjacente ao projeto Europeu, sinalizaram o atual momento como uma oportunidade para repensar um futuro assente nas oportunidades decorrentes da dupla transição, verde e digital, contribuindo assim para a construção de um setor resiliente e inovador.

Foi por diversas vezes sinalizada a importância dos programas setoriais da União Europeia para o relançamento e recuperação do desporto. Consideradas as circunstâncias atualmente enfrentadas, os intervenientes declararam ser fulcral a flexibilização e diversificação dos fundos atribuídos, tendo ainda reforçado a necessidade de priorizar o desporto nos planos de recuperação e resiliência de cada país.

Os Diretores-Gerais debruçaram-se também sobre o tópico da Diplomacia Desportiva que, a par da inovação desportiva, se constitui como grande prioridade da Presidência Portuguesa para o desporto.

A discussão procurou aprofundar os contributos providenciados no debate de orientação dos Ministros do Desporto da UE, que ocorreu no passado dia 18 de maio, no âmbito do Conselho Educação, Juventude, Cultura e Desporto. Esta abordagem à Diplomacia Desportiva deu continuidade aos trabalhos iniciados em 2016, sob Presidência Eslovaca, com a adoção de Conclusões do Conselho sobre Diplomacia Desportiva e o estabelecimento de um grupo de alto nível.

De forma geral, foi sinalizado o papel do desporto na construção de pontes entre pessoas, culturas e nações. Rompendo barreiras linguísticas sociais, culturais e políticas, o desporto e a diplomacia desportiva são uma poderosa ferramenta para a inclusão social, não-discriminação, tolerância e respeito pelos direitos humanos. Este deverá ser o mínimo denominador comum para a projeção da União Europeia e respetivos valores, potencialmente preconizados no palco internacional através da diplomacia desportiva. A este respeito, foi ainda destacada a importância de garantir o respeito pelos direitos humanos na realização de grandes eventos desportivos.

Reunião Informal de Diretores-Gerais de Desporto da EU

Mais notícias

June 16, 2021

Lisboa Call on Sport Innovation

Learn more about the Lisboa Call and subscribe.

Ler mais
May 21, 2021

Ministros debatem Diplomacia Desportiva no Contexto das Relações Externas da UE

Durante a reunião do Conselho da UniãoEuropeia, decorrida...

Ler mais
May 21, 2021

Conselho aprova Conclusões sobre Inovação no Desporto

O Conselho da União Europeia, na sua reuniãode 18 de maio...

Ler mais